No contexto: Enquanto a batalha pelo streaming de música continua com a Apple Music, o Spotify está constantemente tentando ficar um passo à frente do gigante da tecnologia de Cupertino. Isso significa adicionar recursos com frequência, mesmo que seja apenas experimental. Aparentemente, uma nova ferramenta permitirá aos usuários encontrar novas músicas com base nos gostos musicais de seus amigos.

O Spotify tem um novo recurso que permite aos usuários explorar novas opções de música com as preferências de seus amigos. Este mod é chamado Tastebuds em uma referência lado a lado para encontrar a música que seus amigos amam, ou seja, o gosto musical de seus amigos.

Novo recurso encontrado pelo pesquisador de aplicativos Jane Manchun Wong com engenharia reversa, o player baseado na web. Não se sabe muito sobre o veículo, pois não foi divulgado oficialmente, mas folha de espaço reservado Já existe no Open Spotify player.

“Agora você pode descobrir música por meio de amigos em quem confia no seu gosto”, diz a página.

Um ícone de lápis na página abrirá uma janela de pesquisa para encontrar amigos que você segue e visualizar suas músicas provavelmente mais tocadas, mas parece não funcionar. Provavelmente, esse recurso ainda não foi lançado. A ferramenta deve aparecer como uma nova guia na barra lateral do aplicativo da web.




Na maior parte, o compartilhamento de música via Spotify é facilitado por meio de plataformas de mídia social, como Facebook e Instagram. Isso exigia a participação ativa de usuários que postaram listas de reprodução ou músicas favoritas por meio de suas contas externas.




O Spotify tem um Event Feed, mas é limitado ao aplicativo de desktop. O compartilhamento deve estar habilitado nas configurações de seus amigos. A empresa considerou adicionar um mensageiro no aplicativo para alterar a música de dentro do aplicativo, mas cancelou o desenvolvimento do projeto.

Para o Tastebuds, a página fictícia não deu nenhuma pista de quando o recurso estará disponível como beta ou de alguma outra forma. Teremos que esperar até que o Spotify decida que está pronto para a vida selvagem antes de aprender mais.




Crédito da imagem: Ascannio Via Shutterstock